Objota O mundo orientado a objetos

Classes em php – Glossário

Posted on julho 15, 2010

Olá caros leitores, este artigo é uma definição sumária de cada elemento de uma classe. Utilize este artigo para consulta, sempre que necessário. Sendo um glossário será atualizado toda vez que surgir conteúdo novo.

Classe:

Uma classe em php assim como em outras linguagens tem um conjunto de métodos e atributos que tem por objetivo implementar uma entidade lógica, que pode ser baseada no mundo real ou não.

Atributos:

Um atributo representa, para classes e orientação a objetos, um dado específico, uma característica de uma entidade lógica. Em geral se deve considerar atributo um dado (característica) muito relevante de tal objeto, que é indispensável para cumprir com sua finalidade na aplicação. Por exemplo, uma classe Pessoa deve com certeza conter um atributo nome, cpf... e outros registros que tornem este indivíduo único. Um classe Automovel deve conter um atributo muito relevante, o número da placa, por exemplo.

Atributos e a visibilidade:

Em orientação a objetos se ouve muito de herança, encapsulamento. Em geral construir uma classe com um bom encapsulamento é uma boa prática de programação. Para tanto, é preciso sempre declarar seus atributos como private e fazer uso de métodos modificadores e de acesso

Método:

Um método consiste em um trecho de código que é escrito ( implementado) uma vez. Sendo possível executá-lo quantas vezes for necessário simplesmente chamando-0 pela sua assinatura.

Método construtor:

O método construtor é o responsável por inicializar um objeto com seu valor default. Um método construtor pode ter um conteúdo em seu bloco ou não. O bloco abriga as ações a serem executadas pelo método.

Em php pode-se declarar um método construtor de duas formas. Pode-se dar o nome do construtor igual ao nome da classe, isso é padrão para muitas linguagens. Ou é possível também declarar com o método nativo do php "__construct()".

Método de acesso:

Métodos de acesso são necessários quando um atributo é declarado como private. Tem a ver com a visibilidade do atributo em questão. Quando o atributo é público não é necessário um método de acesso, porém o objeto fica com um nível alto de acoplamento, e isso é ruim na orientação a objetos. Quando se utiliza private o atributo é inacessível fora da classe exceto atravez deste método, que tem por objetivo retornar o valor contido neste atributo.

Método modificador:

Tem por finalidade modificar o valor de um atributo da classe. Geralmente ele recebe o novo valor por parâmetro. Quando necessário é aconselhável fazer uma lógica de validação deste dado de entrada, para somente então atribuir este novo valor ao atributo da classe.


static:

Em php,  atributos ou métodos declarados como estáticos faz deles acessíveis sem precisar instanciar a classe. Um membro declarado como estático não pode ser acessado com um objeto instanciado da classe (embora métodos estáticos possam).

protected:

Esta palavra chave  limita o acesso a classes herdadas (e para a classe que define o item). Este conceito já é fio para entrar em herança e polimorfismo. Em termos mais simples, protected é o mesmo que public, somente para quem herda o método ou atributo. E para quem não herda nada protected tem o mesmo efeito de um private.

const

Utiliza-se esta palavra chave para transformar o atributo de uma classe um valor constante e inalterável. Para acessar uma constante de uma classe usa-se está sintaxe: NomeDaClasse::NomeDaConstante. Isso irá retornar o valor da constante existente na classe. É muito usual para números fixos usados durante o desenvolvimento, por exemplo o status de um usuário no seu site: 0 = desabilitado; 1 = habilitado; 2 = pendente; e etc. sendo mais fácil a associação de palavras.. do que de números fica mais fácil usar constantes como Status::DESABILITADO; Status::ABILITADO; Status::PENDENTE.

Posted by Rodrigo Ireno

Comentários (3) Trackbacks (0)
  1. Olá Rodrigo!

    Ótimo Artigo muito bom

  2. Muito útil sua explicações sobre classes, obrigado!

    Abração.

    PS: Apenas para retificar alguns problemas de digitação, o construtor é __construct(), e habilitar é com H.


Leave a comment

Sem trackbacks