Objota O mundo orientado a objetos

Ferramentas de Desenvolvimento Web

Posted on janeiro 24, 2011

Olá desenvolvedores! Neste artigo vou abordar um assunto que é de grande interesse para quem está começando. Com tantas opções, variações e versões ( :S quanto “ões”! ). Em fim. É exatamente isso que deixa muita gente confusa na hora de escolher uma IDE.

Vou listar aqui algumas IDE’s que usei e dizer algumas vantagens e desvangens. Não pretendo fazer um a análise profunda, por tanto se tiver algo a acrescentar fique a vontade, comente sua experiência!

Vamos começar!

EditPlus


Este cara é um editor peso pena. Ele é bem simples não possui recursos de auto-completar, é praticamente um bloco de notas coloridos. Porém se você tem pressa com projetos online, creio que não exista mais rápido para salvar via ftp, já testei e é muito veloz. Mas tome cuidado, já ouvi alguns relatos de amigos que perderão arquivos inteiros por causa de alguns bugs. Isso porque (não sei se exatamente a versão) ele não cria um arquivo temporário para salvar via FTP (o que deveria ser de praxe), ele vai direto no arquivo. Então já sabe, se ele começar a ficar lento ou der algum pau no meio do processo de salvamento do seu arquivo, seja precavido e faça você mesmo uma cópia local do arquivo pode ser no bloco de notas mesmo.

NuSphere – PhpED


Esta é com certeza uma das melhores, para desenvolvimento web. É veloz para trabalhos via ftp, e possui uma vasta biblioteca com funções de auto-completar. Até hoje não encontrei grandes problemas nesta IDE, além do fato de ser pago L, mas fazer o que. Com relação à velocidade da troca via FTP, digamos que é um pouco mais lento que o EditPlus. Outra coisa muito bacana a se destacar é que ela dá suporte nativo ao Smarty Template.

PHP Eclipse


Um eclipse para edição de html, css, javascript, etc. Porém o que me deixa intrigado é que nem se quer as funções nativas do php ele destaca no código L. Totalmente sem noção! Tem suporte nativo para FTP. Auto-completa classes que você já criou, e uma grande vantagem, ele pode ser estendido com o uso de plugins e isso pode desbancar muita gente.

ZendStudio


Um eclipse super tunado, feito pela própria empresa que mantém o projeto PHP. É uma ótima IDE para os mais diversos projetos. Com o maravilhoso comando Generate Getters and Setters. Uma vez que você abriu um arquivo de uma classe e trabalhou nela, ele reconhece seus métodos e atributos e completa quando você está digitando. Claro que dá suporte a seu próprio framework zend. Porém é feito em java, por tanto é um pouco lento trabalhar com ele em projetos online via FTP. E quanto à licença, é gratuito para testar por cerca de um mês ou dois, depois deste prazo algumas funcionalidades são bloqueadas.

Aptana Studio


Quanto a esta IDE, não tenho tanto a dizer, pois comecei a utilizá-la recentemente. Então aqui vai um trecho de um artigo sobre Aptana escrito pelo Rodrigo Araújo do site codigofonte:

(...) Aptana Studio é um IDE de desenvolvimento para aplicações da web 2.0, gratuito, código livre, com suporte Ajax, PHP, Ruby on Rails, Adobe Air, iPhone, etc. Com Aptana se facilita em desenvolvimento integrado de Ajax com as tecnologías emergentes. (...)

Resumindo, estas são algumas das características principais de Aptana Studio:

  • Ajudas visuais para a escritura de scripts em diversos linguagens, como colorido e auto-escritura do código, ajudas contextuais de referência à medida que se escreve, etc.
  • Visualização de erros de sintaxe à medida que se escreve.
  • Suporte para fazer FTP a servidores remotos, com ferramentas para sincronização.
  • Debug em Firefox (Debug Internet Explorer também com a versão Profissional)
  • Bibliotecas de funções em Javascript populares em Ajax/Javascript para utilizar nos projetos.
  • Exemplos já criados para começar a conhecer as possibilidades de desenvolvimento rapidamente.
  • Pré-visualização de estilos CSS com o editor CSS.
  • Extensível a partir de plug-ins que pode criar Aptana ou outras empresas e ferramentas para estar a par de qualquer nova adição.
  • Extensível por Javascript. Os usuários podem escrever scripts para realizar ações e macros.
  • Os Snippets permitem inserir fragmentos de texto que se utilizam muitas vezes.

(...)

Então é isso! Espero que eu tenha ajudado um pouco você a se decidir a qual IDE utilizar. Pois há quem diga que quem é bom faz no bloco de notas. E é mesmo isso é verdade, o cara realmente pode fazer. Porém quando ele tiver uma classe com 50 atributos e tiver que fazer métodos get e set para cada um... vamos ver quem vai ser o doido de fazer num bloco de notas rs...

Se estiverem de bom humor comente um pouco de sua experiência. Pois eu mesmo até hoje não utilizei todos os recursos destas IDE’s, somente o essencial.

Posted by Rodrigo Ireno

Comentários (2) Trackbacks (0)
  1. Ótimo artigo.
    Faltou apenas uma referência de site para cada ferramenta!
    Abraço

  2. Legal,
    eu uso bastante o Netbeans, é mais pesado mas é bem completo.


Leave a comment

Sem trackbacks