Objota O mundo orientado a objetos

Hello World em Python – O seu primeiro programa em Python

Posted on novembro 12, 2011

Posted by Eder Freire

A idéia em mainstream de hoje é apresentar o Python e fazer você, caro leitor, gostar de Python.

Para que você veja o porquê Python é considerada uma linguagem de altíssimo nível, este termo é utilizado para as novas linguagens que estão surgindo que tem como filosofia reduzir o esforço do programador para conseguir 1 resultado, antes de ver o Hello World em Python vamos ver em outras linguagens, mais especificamente em C++ e Java.

Hello World em C++
#include <iostream>
<pre>int main()
{
    std::cout << "Hello World!" << std::endl;
    return 0;
}

Hello World em Java

public class Hello {
    public static void main(String[] args) {
        System.out.println("Hello, world!");
    }
}

Antes de passar e mostrar como ficaria um Hello World em Python, verifique se ele ja está instalado e configurado em seu computador. Em computadores com sistemas operacionais Linux ou MAC OSX, o Python vem instalado como padrão, caso você utilize Windows entre no site http://python.org e faça o download da versão 2.7.2 do Python para seu sistema operacional. Caso esteja instalando no Windows não esqueça de colocar a pasta X:\Python27 nas variáveis de ambiente. Com o Python ja instalado, entre no Terminal (CMD no Windows) e digite python, abrirá uma linha de comando nova ai, esse você acabou de inicializar o interpretador do python em modo interativo. Com o compilador aberto vamos nos divertir, digite os códigos abaixo:

print "Hello World"

Pronto acabou! O que você achou? Essa é a filosofia do Python, falando nisso, aproveita que o interpretador está aberto e digite

import this

Este é o Zen do Python, que estou me atrevendo a colocar aqui uma tradução livre.

Bonito é melhor que feio.
Explícito é melhor que implícito.
Simples é melhor que complexo.
Complexo é melhor que complicado.
Linear é melhor do que aninhado.
Esparso é melhor que denso.
Legibilidade conta.
Casos especiais não são especiais o bastante para quebrar as regras.
Ainda que praticidade vença a pureza.
Erros nunca devem passar silenciosamente.
A menos que sejam explicitamente silenciados.
Diante da ambigüidade, recuse a tentação de adivinhar.
Deveria haver um — e preferencialmente só um — modo óbvio para fazer algo.
Embora esse modo possa não ser óbvio a princípio a menos que você seja holandês.
Agora é melhor que nunca.
Embora nunca freqüentemente seja melhor que *já*.
Se a implementação é difícil de explicar, é uma má idéia.
Se a implementação é fácil de explicar, pode ser uma boa idéia.
Namespaces é uma grande idéia — vamos ter mais dessas!
Espero que essas informações tenham sido úteis, continuem acompanhando os nossos posts sobre Python.

Hello world em objective-C na plataforma iPhone ou iPad

Posted on novembro 2, 2010

Posted by Pedro

Bom galera, como prometido eu vou começar com os meus artigos sobre desenvolvimento para iPhone e iPad (ou melhor iOS).

Como alguns de vocês já devem saber, a linguagem utilizada para desenvolvimento nessa plataforma é o Objective-C (linguagem derivada do C, com um desempenho surpreendente e orientada a objetos).

Para quem não conhece nada da linguagem, não se preocupe, pois no meio dos artigos vou explicar o que cada comando faz e o porque estamos utilizando os mesmos.

Como qualquer primeiro artigo, vamos fazer o clássico “Hello World”, em Objective-C já usando o Kit de desenvolvimento da Apple o UIKit.

No UIKit temos basicamente “tudo o que precisamos” para desenvolver aplicações para o iOS. Dentro desse Kit temos componentes como o UIView, que basicamente todos os componentes gráficos são derivados dessa classe.

Para iniciar nosso projeto precisamos primeiro ter um Mac em mãos (se tiver um PC com hackintosh também pode usar, porém uma hora você irá precisar de um Mac, acredite). Se você ainda não instalou o SDK (que vem com a IDE Xcode), acesse o endereço http://developer.apple.com/devcenter/ios/index.action e faça o download (precisa fazer o cadastro na Apple para fazer o download, é de graça o cadastro para o download).

Feito isso e com o Xcode já instalado, ai você pode iniciar o desenvolvimento de suas aplicações para a plataforma iOS.


Como criar um projeto no Xcode?

Para iniciar seu novo projeto, você deve clicar no ícone do Xcode e irá aparecer uma tela conforme abaixo:

Então clique em Create a new Xcode project, ao clicar nesse botão irá aparecer a tela para selecionar o template do projeto que você quer iniciar, no nosso caso vamos escolher o View-based Application que fica na caixa de seleção Application, no campo Product selecione para qual device você irá iniciar o projeto, no nosso caso você pode selecionar iPad, pois será a mesma coisa para iPhone e iPad, o que vai mudar são as configurações e tamanho de arquivos .xib (arquivos de interface gráfica que ele irá gerar), que nosso assistente irá gerar para nós.

Quando você clicar no botão Choose aparecerá para você a caixa de diálogo onde será salvo o projeto. Escolha um local e salve o projeto como o nome de HelloWorld.

Ao salvar o projeto, nosso ambiente de trabalho vai aparecer na tela para começarmos a trabalhar no nosso código, mas antes vale ressaltar alguns pontos importantes do nosso ambiente de desenvolvimento.

1 – Nessa pasta estão as classes da nossa aplicação, todas as classes criadas, por motivos de organização iremos sempre deixar aqui.

2 – Nessa pasta geralmente deixamos apenas esses arquivos mesmo, que é a classe que irá iniciar nossa aplicação e o arquivos que faz o import automático do frameworks quer serão usados em todas as classes do projeto, por padrão ele importa o UIKit e o Foundation.

3 – Na pasta Resources ficam todos os arquivos de imagem, .plist (arquivos que geralmente são usados como config da aplicação), .xib (arquivos de interface gráfica que são editados pelo Interface Builder) e arquivos de dados (XML, BD, etc.).

4 – Todos os frameworks que foram importados para a aplicação.

5 – O nome da App (executável, vamos dizer assim para os que estão familiarizado com windows) que será gerado.

6 – Na pasta Targets ficam todos os arquivos que irão fazer parte do pacote da aplicação na hora de compilar. Então quando tiver algum problema de um determinado arquivo não estiver sendo interpretado o problema pode esta nessa pasta. Eles são divididos em arquivos que serão compilados, arquivos de resource e frameworks.

7 – Ao clicar em algum arquivo, suas informações para edição ou para visualização serão mostrados aqui.


Vamos ao código

Procure o arquivo HelloWorldViewController.m e dentro desse arquivo encontre o método - (void)viewDidLoad, e dentro desse método coloque o seguinte:

[super viewDidLoad];

UIAlertView *alert = [[UIAlertView alloc] initWithTitle:@"My first program" message:@"Hello world" delegate:nil cancelButtonTitle:@"OK" otherButtonTitles:nil];

[alert show];

[alert release];


Após isso podemos executar nosso primeiro programa em objective-C, indo no menu build e clicando em build and run e ver o resultado (você também pode executar pressionando command + Y).

Se tudo funcionou OK, ou seja, se apareceu um alert na sua tela, veja a explicação do código abaixo, se não baixe os arquivos que estão no final do post e tente executar.

Primeiro chamamos o método viewDidLoad da super classe UIViewController e logo depois alocamos e iniciamos um objeto UIAlertView com os parâmetros para o título, mensagem, delegate (ainda temos muito o que falar sobre delegate), texto para o botão cancelar e falamos que não tem outros botões passando o valor nil em otherButtonTitles.

Então pedimos para exibir chamando o método show do objeto e finalmente removemos o objeto da memória ( [alert release] ).

Bom galera, então e isso. Chegamos ao fim do nosso exemplo mais do que simples de um Hello World em Objective-c Usando o UIKit.

Espero que tenham gostado. Dúvidas reclamações e sugestões postem aqui por favor, para que assim eu possa melhorar nos seguintes post`s.

Vlwww…

arquivos do post